Ameaças no emprego

Tópico em 'Consultório Jurídico' iniciado por joao januario, 24 Fev 2018.

  1. joao januario

    joao januario

    Desde:
    27 Jul 2013
    Mensagens:
    471
    Gostos Recebidos:
    93
    Boas pessoal, hoje recorro aqui a este tópico porque preciso de ajuda de alguns entididos na matéria do código do trabalho relativamente a ameaças no emprego por parte de um colega de trabalho.
    Então é o seguinte há uns dias para cá tive uma discussão com um colega em que ele me tinha ameaçado que um dia que se vingava de mim entretanto nos não nos temos encontrado e quando nos encontramos novamente ele faz me uma espera há porta do nosso emprego para me ameaçar que estamos só ali nos os dois e que ele pode fazer qualquer coisa porque estamos ali mano a mano e fora do perímetro do emprego e que um dia fazia me a folha de uma forma que eu nem dava conta segundo palavras dele. Eu nunca lhe disse nada só dizia sim tá bem para o despachar, afinal de contas não o conheço. Agora a minha dúvida é que meios legais tenho eu para me defender? Além de falar com o meu chefe que mais posso fazer?

    Obrigado cumprimentos

    Enviado do meu 5085D através do Tapatalk
     
  2. F3rnando

    F3rnando

    Desde:
    16 Fev 2016
    Mensagens:
    74
    Gostos Recebidos:
    13
    Para precaver devia ter chamado a policia ao local e fazer queixa contra ele, dizendo que foi ameaçado, mesmo que ele ja la não estivesse , a queixa fica formalizada e ja è uma prova de que se alguma coisa lhe acontecer pelo menos uma queixa contra o homem ja tinha.

    Tente sair do trabalho sempre que possivel acompanhado, e ao menor sinal de intimidação chamar sempre a policia.

    Mas deve aparecer alguem por aqui mais entendido do que eu para dar infomaçoes mais concretas, pois eu resolvia o assunto de outra maneira mais á moda antiga.
     
  3. joao januario

    joao januario

    Desde:
    27 Jul 2013
    Mensagens:
    471
    Gostos Recebidos:
    93
    Vontade não me falta em resolver o problema há moda antiga mas sei que perderia a razão junto da justiça, estou a pensar em amanhã passar pela PSP para obter informações do que posso fazer a única coisa que sei é que tenho um ano para apresentar queixa mas preciso de mais informações

    Enviado do meu 5085D através do Tapatalk
     
  4. ptfuzi

    ptfuzi

    Desde:
    17 Jun 2016
    Mensagens:
    652
    Gostos Recebidos:
    227
    também pode ser feita uma queixa de assédio. o problema é que se essa pessoa for repreendida e sendo um maluco pode desencadear coisas piores
     
  5. joao januario

    joao januario

    Desde:
    27 Jul 2013
    Mensagens:
    471
    Gostos Recebidos:
    93
    Também já pensei nessa reação mas penso não ter outra opção... Qualquer coisa que decida vou ter sempre retaliação da outra parte

    Enviado do meu 5085D através do Tapatalk
     
  6. ptfuzi

    ptfuzi

    Desde:
    17 Jun 2016
    Mensagens:
    652
    Gostos Recebidos:
    227
    pois, pelo menos fica registado. Tanto na policia como na entidade empregadora
     
  7. joao januario

    joao januario

    Desde:
    27 Jul 2013
    Mensagens:
    471
    Gostos Recebidos:
    93
    Exactamente se houver algum problema já sabem que tinha feito queixa

    Enviado do meu 5085D através do Tapatalk
     
  8. moralez

    moralez

    Desde:
    19 Jan 2011
    Mensagens:
    1 283
    Gostos Recebidos:
    513
    Queixa por ameaças numa Esquadra ou Posto policial. 6 meses para o fazer.
    Comunicação desses factos por carta registada com AR à entidade patronal com conhecimento à ACT.
    Se houver especial perigo, pode ser feito pedido ao MP para restrição de aproximação do suspeito à vítima.
     
    glebre gostou disto.
  9. joao januario

    joao januario

    Desde:
    27 Jul 2013
    Mensagens:
    471
    Gostos Recebidos:
    93
    O que é é carta registada com AR?
    Hoje de manhã passei pela PSP para pedir uns esclarecimentos sobre o que se podia fazer no meu caso e segundo eles o que me disseram foi que sem provas ou testemunhas era difícil porque é a minha palavra contra a dele eles disseram que se conseguir arranjar provas e que caso aconteça novamente aí já haverá mais coisas a fazer mas o que aconselhavam para já era falar com o meu chefe para ver o que ele dizia e para ver se a situação se resolvia só assim... Entretanto 2f já vou ligar ao chefe. Há pouco quando entrei ao serviço ele não me disse nada já estava mais calmo, vamos ver no que dá...

    Enviado do meu 5085D através do Tapatalk
     
  10. madlima29

    madlima29

    Desde:
    6 Jul 2009
    Mensagens:
    14 063
    Gostos Recebidos:
    4 728
    As vezes quando parecem mais calmos e deixam de falar, é quando estão prestes a armar confusão.
    Cuidado com isso.
    Expõe o caso a entidade patronal, e avisa que ja informaste a psp.
    Mas nao deixes de mandar carta registada ao patrão com AR (aviso de recepção) para que conste prova de informação do sucedido a entidade patronal. Será um dever teu por ser uma ameaça no local de trabalho.
    De notar que nestes casos, tu e o outro colega vão ser prejudicados, quanto mais não seja na vossa imagem, e nenhum patrão gosta de confusões na sua empresa. Ou a atitude é rápida e certeira da parte do patrão, ou as coisas podem piorar bastante mais. Perante o agressor, passas a ser o chibo queixinhas do patrão. Geralmente, nao ajuda em nada (mas tem que ser) a nao ser que o patrão tome uma posiçao clara sobre o assunto.
     
    Last edited: 25 Fev 2018
  11. joao januario

    joao januario

    Desde:
    27 Jul 2013
    Mensagens:
    471
    Gostos Recebidos:
    93
    Sim eu agora estou bem atento porque dali nunca se sabe o que espera, na 2f quando informar o chefe é o mesmo contactar o agressor sei que aí haverá retaliação de sua parte

    Enviado do meu 5085D através do Tapatalk
     
  12. moralez

    moralez

    Desde:
    19 Jan 2011
    Mensagens:
    1 283
    Gostos Recebidos:
    513
    A queixa já deveria estar feita. Sem pedidos de esclarecimento antes. Era fazer a queixa e pronto. Se depois quisesse retirar, retirava-a.
    O Polícia disse-lhe que não dava em nada? Não há provas nem testemunhas? Mas ele é Polícia ou Juiz? Formalize a queixa antes de qualquer diligência junto da entidade patronal. Até para sua salvaguarda, pois pode virar o bico ao prego e depois o seu colega que o anda a ameaçar apresentar queixa contra si por difamação e calúnias. Se houver uma queixa sua antes disso, sustenta, viabiliza e justifica o que vai denunciar junto da entidade patronal.
     
    glebre gostou disto.
  13. joao januario

    joao januario

    Desde:
    27 Jul 2013
    Mensagens:
    471
    Gostos Recebidos:
    93
    Sim o polícia disse que praticamente ia dar em nada porque pelos casos semelhantes que ele conhece acabaram todos arquivados

    Enviado do meu 5085D através do Tapatalk
     
  14. moralez

    moralez

    Desde:
    19 Jan 2011
    Mensagens:
    1 283
    Gostos Recebidos:
    513
    Foi muito mal aconselhado então. Tenha em atenção a hipótese que eu lhe coloquei.
    Se você aborda a entidade patronal a denunciar as ameaças, esta por sua vez irá confrontar o suspeito. O suspeito, por sua vez, não havendo nenhuma queixa crime que corrobore as acusações de que está a ser alvo, pode muito bem e legitimamente apresentar uma queixa contra si por difamação, calúnias, denúncia caluniosa, etc. E mais, o suspeito, nessa altura terá o trunfo que você não tem agora: uma testemunha (o patrão), pois é ele que vai ouvir a sua denuncia.
    Portanto, você ir ter com o patrão assim sem mais nem menos, tem tudo para lhe correr mal.
    Boa sorte.
     
    glebre gostou disto.
  15. joao januario

    joao januario

    Desde:
    27 Jul 2013
    Mensagens:
    471
    Gostos Recebidos:
    93
    A razão pela qual ainda não fiz participação na PSP é porque eu sei que o proprio chefe também já recebeu ameaças do mesmo sujeito

    Enviado do meu 5085D através do Tapatalk
     

Partilhar esta página